sábado, 8 de novembro de 2014

READING PSALMS (KING JAMES VERSION/ALMEIDA REVISTA E CORRIGIDA)



PSALM 27

A Psalm of David.

1 THE LORD is my light and my salvation; whom shall I
fear? the LORD is the strength of my life; of whom shall I
be afraid?

2 When the wicked, even mine enemies and my foes, came
upon me to eat up my flesh, they stumbled and fell.

3 Though an host should encamp against me, my heart shall
not fear: though war should rise against me, in this will I be
confident.

4 One thing have I desired of the LORD, that will I seek
after; that I may dwell in the house of the LORD all the days
of my life, to behold the beauty of the LORD, and to inquire
in his temple.

5 For in the time of trouble he shall hide me in his pavilion:
in the secret of his tabernacle shall he hide me; he shall set
me up upon a rock.

6 And now shall mine head be lifted up above mine
enemies round about me: therefore will I offer in his
tabernacle sacrifices of joy; I will sing, yea, I will sing
praises unto the LORD.

7 Hear, O LORD, when I cry with my voice: have mercy
also upon me, and answer me.

8 When thou saidst, Seek ye my face; my heart said unto
thee, Thy face, LORD, will I seek.

9 Hide not thy face far from me; put not thy servant away
in anger: thou hast been my help; leave me not, neither
forsake me, O God of my salvation.

10 When my father and my mother forsake me, then the
LORD will take me up.

11 Teach me thy way, O LORD, and lead me in a plain path,
because of mine enemies.

12 Deliver me not over unto the will of mine enemies: for
false witnesses are risen up against me, and such as breathe
out cruelty.

13 I had fainted, unless I had believed to see the goodness
of the LORD in the land of the living.

14 Wait on the LORD: be of good courage, and he shall
strengthen thine heart: wait, I say, on the LORD.

Salmos
27.1   O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O SENHOR é a força da minha vida; de quem me recearei?

27.2   Quando os malvados, meus adversários e meus inimigos, investiram contra mim, para comerem as minhas carnes, tropeçaram e caíram.

27.3   Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nele confiaria.

27.4   Uma coisa pedi ao SENHOR e a buscarei: que possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do SENHOR e aprender no seu templo.

27.5   Porque no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no oculto do seu tabernáculo me esconderá; pôr-me-á sobre uma rocha.

27.6   Também a minha cabeça será exaltada sobre os meus inimigos que estão ao redor de mim; pelo que oferecerei sacrifício de júbilo no seu tabernáculo; cantarei, sim, cantarei louvores ao SENHOR.

27.7   Ouve, SENHOR, a minha voz quando clamo; tem também piedade de mim e responde-me.

27.8   Quando tu disseste: Buscai o meu rosto, o meu coração te disse a ti: O teu rosto, SENHOR, buscarei.

27.9   Não escondas de mim a tua face e não rejeites ao teu servo com ira; tu foste a minha ajuda; não me deixes, nem me desampares, ó Deus da minha salvação.

27.10   Porque, quando meu pai e minha mãe me desampararem, o SENHOR me recolherá.

27.11   Ensina-me, SENHOR, o teu caminho e guia-me pela vereda direita, por causa dos que me andam espiando.

27.12   Não me entregues à vontade dos meus adversários, pois se levantaram falsas testemunhas contra mim, e os que respiram crueldade.

27.13   Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria os bens do SENHOR na terra dos viventes.

27.14   Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário