domingo, 9 de novembro de 2014

READING PSALMS (KING JAMES VERSION/ALMEIDA REVISTA E CORRIGIDA)


PSALM 28
 
A Psalm of David.

1 UNTO thee will I cry, O LORD my rock; be not silent to
me: lest, if thou be silent to me, I become like them that go
down into the pit.

2 Hear the voice of my supplications, when I cry unto thee,
when I lift up my hands toward thy holy oracle.

3 Draw me not away with the wicked, and with the workers
of iniquity, which speak peace to their neighbours, but
mischief is in their hearts.

4 Give them according to their deeds, and according to the
wickedness of their endeavours: give them after the work of
their hands; render to them their desert.

5 Because they regard not the works of the LORD, nor the
operation of his hands, he shall destroy them, and not build
them up.

6 Blessed be the LORD, because he hath heard the voice of
my supplications.

7 The LORD is my strength and my shield; my heart trusted
in him, and I am helped: therefore my heart greatly
rejoiceth; and with my song will I praise him.

8 The LORD is their strength, and he is the saving strength
of his anointed.

9 Save thy people, and bless thine inheritance: feed them
also, and lift them up for ever.

Salmos 28.1   A ti clamarei, ó SENHOR, rocha minha; não emudeças para comigo; não suceda, calando-te tu a meu respeito, que eu me torne semelhante aos que descem à cova.

28.2   Ouve a voz das minhas súplicas, quando a ti clamar, quando levantar as minhas mãos para o oráculo do teu santuário.

28.3   Não me arremesses com os ímpios e com os que praticam a iniquidade; que falam de paz ao seu próximo, mas têm o mal no seu coração.

28.4   Retribui-lhes segundo as suas obras e segundo a malícia dos seus esforços; dá-lhes conforme a obra das suas mãos; envia-lhes a sua recompensa.

28.5   Porquanto não atentam para as obras do SENHOR, nem para o que as suas mãos têm feito; pelo que ele os derribará e não os reedificará.

28.6   Bendito seja o SENHOR, porque ouviu a voz das minhas súplicas.

28.7   O SENHOR é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; pelo que o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei.

28.8   O SENHOR é a força do seu povo; também é a força salvadora do seu ungido.

28.9   Salva o teu povo e abençoa a tua herança; apascenta-os e exalta-os para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário