terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Crucificado com Cristo



Gordon Watt disse: "Como é difícil morrer para a dependência que temos do nosso próprio intelecto ou para o orgulho que temos de nossas habilidades, morrer para nossa reputação, para o nosso desejo natural por sucesso ou para os nossos próprios planos. Mas o fruto só vem quando você está disposto a entregar tudo isso à cruz, enquanto Cristo se toma tudo e dependemos totalmente do Espírito Santo para cada palavra que falamos, cada trabalho que fazemos e cada passo que damos na vida". É muito difícil morrer para a dependência do nosso próprio intelecto. É muito difícil morrer para o orgulho de nossas habilidades, nós pensamos que somos capazes. É muito difícil morrer para nossa reputação; queremos ter reputação e preservá-la. É muito difícil morrer para o desejo por sucesso porque queremos sempre produzir algo que irá nos glorificar. É muito difícil morrer para os nossos planos, temos todos os nossos planos arquitetados, mesmos os assim chamados "serviços para o Senhor", mas a menos que estejamos dispostos a morrer para tudo isso, não poderemos produzir nenhum fruto, porque o fruto tem que ser fruto do Espírito. É a vida abundante de Cristo, e é só o Espírito Santo que tem a capacidade de liberar essa vida abundante e produzir frutos que sejam agradáveis a Deus e ao homem e, se você estiver dando
frutos, não precisa fazer alarde, nem precisa tocar trombetas. Quieta e silenciosamente o fruto está lá. A glória da cruz é produzir fruto. Quanto mais conhecemos a cruz, damos mais fruto.”

In: A Cruz. Stephen Kaung

Nenhum comentário:

Postar um comentário