domingo, 8 de fevereiro de 2015

READING PSALMS (KING JAMES VERSION/ALMEIDA REVISTA E CORRIGIDA)

  PSALM 119

ALEPH.
1 BLESSED are the undefiled in the way, who walk in the
law of the LORD.
2 Blessed are they that keep his testimonies, and that seek
him with the whole heart.
3 They also do no iniquity: they walk in his ways.
4 Thou hast commanded us to keep thy precepts diligently.
5 O that my ways were directed to keep thy statutes!
6 Then shall I not be ashamed, when I have respect unto all
thy commandments.
7 I will praise thee with uprightness of heart, when I shall
have learned thy righteous judgments.
8 I will keep thy statutes: O forsake me not utterly.

BETH.
9 Wherewithal shall a young man cleanse his way? by
taking heed thereto according to thy word.
10 With my whole heart have I sought thee: O let me not
wander from thy commandments.
11 Thy word have I hid in mine heart, that I might not sin
against thee.
12 Blessed art thou, O LORD: teach me thy statutes.
13 With my lips have I declared all the judgments of thy
mouth.
14 I have rejoiced in the way of thy testimonies, as much as
in all riches.
15 I will meditate in thy precepts, and have respect unto thy
ways.
16 I will delight myself in thy statutes: I will not forget thy
word.

GIMEL.
17 Deal bountifully with thy servant, that I may live, and
keep thy word.
18 Open thou mine eyes, that I may behold wondrous
things out of thy law.
19 I am a stranger in the earth: hide not thy commandments
from me.
20 My soul breaketh for the longing that it hath unto thy
judgments at all times.
21 Thou hast rebuked the proud that are cursed, which do
err from thy commandments.
22 Remove from me reproach and contempt; for I have kept
thy testimonies.
23 Princes also did sit and speak against me: but thy servant
did meditate in thy statutes.
24 Thy testimonies also are my delight and my counsellers.

DALETH.
25 My soul cleaveth unto the dust: quicken thou me
according to thy word.
26 I have declared my ways, and thou heardest me: teach
me thy statutes.
27 Make me to understand the way of thy precepts: so shall
I talk of thy wondrous works.
28 My soul melteth for heaviness: strengthen thou me
according unto thy word.
29 Remove from me the way of lying: and grant me thy law
graciously.
30 I have chosen the way of truth: thy judgments have I laid
before me.
31 I have stuck unto thy testimonies: O LORD, put me not to
shame.
32 I will run the way of thy commandments, when thou
shalt enlarge my heart.

HE.
33 Teach me, O LORD, the way of thy statutes; and I shall
keep it unto the end.
34 Give me understanding, and I shall keep thy law; yea, I
shall observe it with my whole heart.
35 Make me to go in the path of thy commandments; for
therein do I delight.
36 Incline my heart unto thy testimonies, and not to
covetousness.
37 Turn away mine eyes from beholding vanity; and
quicken thou me in thy way.
38 Stablish thy word unto thy servant, who is devoted to thy
fear.
39 Turn away my reproach which I fear: for thy judgments
are good.
40 Behold, I have longed after thy precepts: quicken me in
thy righteousness.

VAU.
41 Let thy mercies come also unto me, O LORD, even thy
salvation, according to thy word.
42 So shall I have wherewith to answer him that
reproacheth me: for I trust in thy word.
43 And take not the word of truth utterly out of my mouth;
for I have hoped in thy judgments.
44 So shall I keep thy law continually for ever and ever.
45 And I will walk at liberty: for I seek thy precepts.
46 I will speak of thy testimonies also before kings, and
will not be ashamed.
47 And I will delight myself in thy commandments, which I
have loved.
48 My hands also will I lift up unto thy commandments,
which I have loved; and I will meditate in thy statutes.

ZAIN.
49 Remember the word unto thy servant, upon which thou
hast caused me to hope.
50 This is my comfort in my affliction: for thy word hath
quickened me.
51 The proud have had me greatly in derision: yet have I
not declined from thy law.
52 I remembered thy judgments of old, O LORD; and have
comforted myself.
53 Horror hath taken hold upon me because of the wicked
that forsake thy law.
54 Thy statutes have been my songs in the house of my
pilgrimage.
55 I have remembered thy name, O LORD, in the night, and
have kept thy law.
56 This I had, because I kept thy precepts.

CHETH.
57 Thou art my portion, O LORD: I have said that I would
keep thy words.
58 I intreated thy favour with my whole heart: be merciful
unto me according to thy word.
59 I thought on my ways, and turned my feet unto thy
testimonies.
60 I made haste, and delayed not to keep thy
commandments.
61 The bands of the wicked have robbed me: but I have not
forgotten thy law.
62 At midnight I will rise to give thanks unto thee because
of thy righteous judgments.
63 I am a companion of all them that fear thee, and of them
that keep thy precepts.
64 The earth, O LORD, is full of thy mercy: teach me thy
statutes.

TETH.
65 Thou hast dealt well with thy servant, O LORD,
according unto thy word.
66 Teach me good judgment and knowledge: for I have
believed thy commandments.
67 Before I was afflicted I went astray: but now have I kept
thy word.
68 Thou art good, and doest good; teach me thy statutes.
69 The proud have forged a lie against me: but I will keep
thy precepts with my whole heart.
70 Their heart is as fat as grease; but I delight in thy law.
71 It is good for me that I have been afflicted; that I might
learn thy statutes.
72 The law of thy mouth is better unto me than thousands
of gold and silver.

JOD.
73 Thy hands have made me and fashioned me: give me
understanding, that I may learn thy commandments.
74 They that fear thee will be glad when they see me;
because I have hoped in thy word.
75 I know, O LORD, that thy judgments are right, and that
thou in faithfulness hast afflicted me.
76 Let, I pray thee, thy merciful kindness be for my
comfort, according to thy word unto thy servant.
77 Let thy tender mercies come unto me, that I may live:
for thy law is my delight.
78 Let the proud be ashamed; for they dealt perversely with
me without a cause: but I will meditate in thy precepts.
79 Let those that fear thee turn unto me, and those that have
known thy testimonies.
80 Let my heart be sound in thy statutes; that I be not
ashamed.

CAPH.
81 My soul fainteth for thy salvation: but I hope in thy
word.
82 Mine eyes fail for thy word, saying, When wilt thou
comfort me?
83 For I am become like a bottle in the smoke; yet do I not
forget thy statutes.
84 How many are the days of thy servant? when wilt thou
execute judgment on them that persecute me?
85 The proud have digged pits for me, which are not after
thy law.
86 All thy commandments are faithful: they persecute me
wrongfully; help thou me.
87 They had almost consumed me upon earth; but I forsook
not thy precepts.
88 Quicken me after thy lovingkindness; so shall I keep the
testimony of thy mouth.

LAMED.
89 For ever, O LORD, thy word is settled in heaven.
90 Thy faithfulness is unto all generations: thou hast
established the earth, and it abideth.

91 They continue this day according to thine ordinances:
for all are thy servants.
92 Unless thy law had been my delights, I should then have
perished in mine affliction.
93 I will never forget thy precepts: for with them thou hast
quickened me.
94 I am thine, save me; for I have sought thy precepts.
95 The wicked have waited for me to destroy me: but I will
consider thy testimonies.
96 I have seen an end of all perfection: but thy
commandment is exceeding broad.

MEM.
97 O how love I thy law! it is my meditation all the day.
98 Thou through thy commandments hast made me wiser
than mine enemies: for they are ever with me.
99 I have more understanding than all my teachers: for thy
testimonies are my meditation.
100 I understand more than the ancients, because I keep thy
precepts.
101 I have refrained my feet from every evil way, that I
might keep thy word.
102 I have not departed from thy judgments: for thou hast
taught me.
103 How sweet are thy words unto my taste! yea, sweeter
than honey to my mouth!
104 Through thy precepts I get understanding: therefore I
hate every false way.

NUN.
105 Thy word is a lamp unto my feet, and a light unto my
path.
106 I have sworn, and I will perform it, that I will keep thy
righteous judgments.
107 I am afflicted very much: quicken me, O LORD,
according unto thy word.
108 Accept, I beseech thee, the freewill offerings of my
mouth, O LORD, and teach me thy judgments.
109 My soul is continually in my hand: yet do I not forget
thy law.
110 The wicked have laid a snare for me: yet I erred not
from thy precepts.
111 Thy testimonies have I taken as an heritage for ever:
for they are the rejoicing of my heart.
112 I have inclined mine heart to perform thy statutes
alway, even unto the end.

SAMECH.
113 I hate vain thoughts: but thy law do I love.
114 Thou art my hiding place and my shield: I hope in thy
word.
115 Depart from me, ye evildoers: for I will keep the
commandments of my God.
116 Uphold me according unto thy word, that I may live:
and let me not be ashamed of my hope.
117 Hold thou me up, and I shall be safe: and I will have
respect unto thy statutes continually.
118 Thou hast trodden down all them that err from thy
statutes: for their deceit is falsehood.
119 Thou puttest away all the wicked of the earth like
dross: therefore I love thy testimonies.
120 My flesh trembleth for fear of thee; and I am afraid of
thy judgments.

AIN.
121 I have done judgment and justice: leave me not to mine
oppressors.
122 Be surety for thy servant for good: let not the proud
oppress me.
123 Mine eyes fail for thy salvation, and for the word of thy
righteousness.
124 Deal with thy servant according unto thy mercy, and
teach me thy statutes.
125 I am thy servant; give me understanding, that I may
know thy testimonies.
126 It is time for thee, LORD, to work: for they have made
void thy law.
127 Therefore I love thy commandments above gold; yea,
above fine gold.
128 Therefore I esteem all thy precepts concerning all
things to be right; and I hate every false way.

PE.
129 Thy testimonies are wonderful: therefore doth my soul
keep them.
130 The entrance of thy words giveth light; it giveth
understanding unto the simple.
131 I opened my mouth, and panted: for I longed for thy
commandments.
132 Look thou upon me, and be merciful unto me, as thou
usest to do unto those that love thy name.
133 Order my steps in thy word: and let not any iniquity
have dominion over me.
134 Deliver me from the oppression of man: so will I keep
thy precepts.
135 Make thy face to shine upon thy servant; and teach me
thy statutes.
136 Rivers of waters run down mine eyes, because they
keep not thy law.

TZADDI.
137 Righteous art thou, O LORD, and upright are thy
judgments.
138 Thy testimonies that thou hast commanded are
righteous and very faithful.
139 My zeal hath consumed me, because mine enemies
have forgotten thy words.
140 Thy word is very pure: therefore thy servant loveth it.
141 I am small and despised: yet do not I forget thy
precepts.
142 Thy righteousness is an everlasting righteousness, and
thy law is the truth.
143 Trouble and anguish have taken hold on me: yet thy
commandments are my delights.
144 The righteousness of thy testimonies is everlasting:
give me understanding, and I shall live.

KOPH.
145 I cried with my whole heart; hear me, O LORD: I will
keep thy statutes.
146 I cried unto thee; save me, and I shall keep thy
testimonies.
147 I prevented the dawning of the morning, and cried: I
hoped in thy word.
148 Mine eyes prevent the night watches, that I might
meditate in thy word.
149 Hear my voice according unto thy lovingkindness: O
LORD, quicken me according to thy judgment.
150 They draw nigh that follow after mischief: they are far
from thy law.
151 Thou art near, O LORD; and all thy commandments are
truth.
152 Concerning thy testimonies, I have known of old that
thou hast founded them for ever.

RESH.
153 Consider mine affliction, and deliver me: for I do not
forget thy law.
154 Plead my cause, and deliver me: quicken me according
to thy word.
155 Salvation is far from the wicked: for they seek not thy
statutes.
156 Great are thy tender mercies, O LORD: quicken me
according to thy judgments.
157 Many are my persecutors and mine enemies; yet do I
not decline from thy testimonies.
158 I beheld the transgressors, and was grieved; because
they kept not thy word.
159 Consider how I love thy precepts: quicken me, O
LORD, according to thy lovingkindness.
160 Thy word is true from the beginning: and every one of
thy righteous judgments endureth for ever.

SCHIN.
161 Princes have persecuted me without a cause: but my
heart standeth in awe of thy word.
162 I rejoice at thy word, as one that findeth great spoil.
163 I hate and abhor lying: but thy law do I love.
164 Seven times a day do I praise thee because of thy
righteous judgments.
165 Great peace have they which love thy law: and nothing
shall offend them.
166 LORD, I have hoped for thy salvation, and done thy
commandments.
167 My soul hath kept thy testimonies; and I love them
exceedingly.
168 I have kept thy precepts and thy testimonies: for all my
ways are before thee.

TAU.
169 Let my cry come near before thee, O LORD: give me
understanding according to thy word.
170 Let my supplication come before thee: deliver me
according to thy word.
171 My lips shall utter praise, when thou hast taught me thy
statutes.
172 My tongue shall speak of thy word: for all thy
commandments are righteousness.
173 Let thine hand help me; for I have chosen thy precepts.
174 I have longed for thy salvation, O LORD; and thy law is
my delight.
175 Let my soul live, and it shall praise thee; and let thy
judgments help me.
176 I have gone astray like a lost sheep; seek thy servant;
for I do not forget thy commandments.

Salmos 119.1   Bem-aventurados os que trilham caminhos retos e andam na lei do SENHOR.

119.2   Bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos e o buscam de todo o coração.

119.3   E não praticam iniquidade, mas andam em seus caminhos.

119.4   Tu ordenaste os teus mandamentos, para que diligentemente os observássemos.

119.5   Tomara que os meus caminhos sejam dirigidos de maneira a poder eu observar os teus estatutos.

119.6   Então, não ficaria confundido, atentando eu para todos os teus mandamentos.

119.7   Louvar-te-ei com retidão de coração, quando tiver aprendido os teus justos juízos.

119.8   Observarei os teus estatutos; não me desampares totalmente.

119.9   Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.

119.10   De todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos.

119.11   Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.

119.12   Bendito és tu, ó SENHOR! Ensina-me os teus estatutos.

119.13   Com os meus lábios declarei todos os juízos da tua boca.

119.14   Folgo mais com o caminho dos teus testemunhos do que com todas as riquezas.

119.15   Em teus preceitos meditarei e olharei para os teus caminhos.

119.16   Alegrar-me-ei nos teus estatutos; não me esquecerei da tua palavra.

119.17   Faze bem ao teu servo, para que viva e observe a tua palavra.

119.18   Desvenda os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei.

119.19   Sou peregrino na terra; não escondas de mim os teus mandamentos.

119.20   A minha alma está quebrantada de desejar os teus juízos em todo o tempo.

119.21   Tu repreendeste asperamente os soberbos, amaldiçoados, que se desviam dos teus mandamentos.

119.22   Tira de sobre mim o opróbrio e o desprezo, pois guardei os teus testemunhos.

119.23   Enquanto os príncipes se conluiavam e falavam contra mim, o teu servo meditava nos teus estatutos.

119.24   Também os teus testemunhos são o meu prazer e os meus conselheiros.

119.25   A minha alma está pegada ao pó; vivifica-me segundo a tua palavra.

119.26   Meus caminhos te descrevi, e tu me ouviste; ensina-me os teus estatutos.

119.27   Faze-me entender o caminho dos teus preceitos; assim, falarei das tuas maravilhas.

119.28   A minha alma consome-se de tristeza; fortalece-me segundo a tua palavra.

119.29   Desvia de mim o caminho da falsidade e concede-me piedosamente a tua lei.

119.30   Escolhi o caminho da verdade; propus-me seguir os teus juízos.

119.31   Apego-me aos teus testemunhos; ó SENHOR, não me confundas.

119.32   Correrei pelo caminho dos teus mandamentos, quando dilatares o meu coração.

119.33   Ensina-me, ó SENHOR, o caminho dos teus estatutos, e guardá-lo-ei até o fim.

119.34   Dá-me entendimento, e guardarei a tua lei e observá-la-ei de todo o coração.

119.35   Faze-me andar na verdade dos teus mandamentos, porque nela tenho prazer.

119.36   Inclina o meu coração a teus testemunhos e não à cobiça.

119.37   Desvia os meus olhos de contemplarem a vaidade e vivifica-me no teu caminho.

119.38   Confirma a tua promessa ao teu servo, que se inclina ao teu temor.

119.39   Desvia de mim o opróbrio que temo, pois os teus juízos são bons.

119.40   Eis que tenho desejado os teus preceitos; vivifica-me por tua justiça.

119.41   Venham também sobre mim as tuas misericórdias, ó SENHOR, e a tua salvação, segundo a tua palavra.

119.42   Assim, terei que responder ao que me afronta, pois confio na tua palavra.

119.43   E de minha boca não tires nunca de todo a palavra de verdade, pois me atenho aos teus juízos.

119.44   Assim, observarei de contínuo a tua lei, para sempre e eternamente.

119.45   E andarei em liberdade, pois busquei os teus preceitos.

119.46   Também falarei dos teus testemunhos perante os reis e não me envergonharei.

119.47   E alegrar-me-ei em teus mandamentos, que eu amo.

119.48   Também levantarei as minhas mãos para os teus mandamentos, que amo, e meditarei nos teus estatutos.

119.49   Lembra-te da palavra dada ao teu servo, na qual me fizeste esperar.

119.50   Isto é a minha consolação na minha angústia, porque a tua palavra me vivificou.

119.51   Os soberbos zombaram grandemente de mim; apesar disso, não me desviei da tua lei.

119.52   Lembrei-me dos teus juízos antiquíssimos, ó SENHOR, e, assim, me consolei.

119.53   Grande indignação se apoderou de mim, por causa dos ímpios que abandonam a tua lei.

119.54   Os teus estatutos têm sido os meus cânticos no lugar das minhas peregrinações.

119.55   De noite, me lembrei do teu nome, ó SENHOR, e observei a tua lei.

119.56   Isto fiz eu, porque guardei os teus mandamentos.

119.57   O SENHOR é a minha porção; eu disse que observaria as tuas palavras.

119.58   Implorei deveras o teu favor de todo o meu coração; tem piedade de mim, segundo a tua palavra.

119.59   Considerei os meus caminhos e voltei os meus pés para os teus testemunhos.

119.60   Apressei-me e não me detive a observar os teus mandamentos.

 119.61   Bandos de ímpios me despojaram; apesar disso, eu não me esqueci da tua lei.


119.62   À meia-noite, me levantarei para te louvar pelos teus justos juízos.

119.63   Companheiro sou de todos os que te temem e dos que guardam os teus preceitos.

119.64   A terra, ó SENHOR, está cheia da tua benignidade; ensina-me os teus estatutos.

119.65   Fizeste bem ao teu servo, SENHOR, segundo a tua palavra.

119.66   Ensina-me bom juízo e ciência, pois cri nos teus mandamentos.

119.67   Antes de ser afligido, andava errado; mas agora guardo a tua palavra.

119.68   Tu és bom e abençoador; ensina-me os teus estatutos.

119.69   Os soberbos forjaram mentiras contra mim; mas eu de todo o coração guardarei os teus preceitos.

119.70   Engrossa-se-lhes o coração como gordura, mas eu me alegro na tua lei.

119.71   Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos.

119.72   Melhor é para mim a lei da tua boca do que inúmeras riquezas em ouro ou prata.

119.73   As tuas mãos me fizeram e me afeiçoaram; dá-me inteligência para que aprenda os teus mandamentos.

119.74   Os que te temem alegraram-se quando me viram, porque tenho esperado na tua palavra.

119.75   Bem sei eu, ó SENHOR, que os teus juízos são justos e que em tua fidelidade me afligiste.

119.76   Sirva, pois, a tua benignidade para me consolar, segundo a palavra que deste ao teu servo.

119.77   Venham sobre mim as tuas misericórdias, para que viva, pois a tua lei é a minha delícia.

119.78   Confundam-se os soberbos, pois me trataram de uma maneira perversa, sem causa; mas eu meditarei nos teus preceitos.

119.79   Voltem-se para mim os que te temem e aqueles que têm conhecido os teus testemunhos.

119.80   Seja reto o meu coração para com os teus estatutos, para que eu não seja confundido.

119.81   Desfaleceu a minha alma, esperando por tua salvação; mas confiei na tua palavra.

119.82   Os meus olhos desfaleceram, esperando por tua promessa; entretanto, dizia: Quando me consolarás tu?

119.83   Pois fiquei como odre na fumaça; mas não me esqueci dos teus estatutos.

119.84   Quantos serão os dias do teu servo? Quando me farás justiça contra os que me perseguem?

119.85   Os soberbos abriram covas para mim, o que não é conforme a tua lei.

119.86   Todos os teus mandamentos são verdade; com mentiras me perseguem; ajuda-me!

119.87   Quase que me têm consumido sobre a terra; mas eu não deixei os teus preceitos.

119.88   Vivifica-me segundo a tua benignidade; então, guardarei o testemunho da tua boca.

119.89   Para sempre, ó SENHOR, a tua palavra permanece no céu.

119.90   A tua fidelidade estende-se de geração a geração; tu firmaste a terra, e firme permanece.
 119.91   Conforme o que ordenaste, tudo se mantém até hoje; porque todas as coisas te obedecem.

119.92   Se a tua lei não fora toda a minha alegria, há muito que teria perecido na minha angústia.

119.93   Nunca me esquecerei dos teus preceitos, pois por eles me tens vivificado.

119.94   Sou teu, salva-me; pois tenho buscado os teus preceitos.

119.95   Os ímpios me esperam para me destruírem, mas eu atentarei para os teus testemunhos.

119.96   A toda perfeição vi limite, mas o teu mandamento é amplíssimo.

119.97   Oh! Quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia!

119.98   Tu, pelos teus mandamentos, me fazes mais sábio que meus inimigos, pois estão sempre comigo.

119.99   Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, porque medito nos teus testemunhos.

119.100   Sou mais prudente do que os velhos, porque guardo os teus preceitos.

119.101   Desviei os meus pés de todo caminho mau, para observar a tua palavra.

119.102   Não me apartei dos teus juízos, porque tu me ensinaste.

119.103   Oh! Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! Mais doces do que o mel à minha boca.

119.104   Pelos teus mandamentos, alcancei entendimento; pelo que aborreço todo falso caminho.

119.105   Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz, para o meu caminho.

119.106   Jurei e cumprirei que hei de guardar os teus justos juízos.

119.107   Estou aflitíssimo; vivifica-me, ó SENHOR, segundo a tua palavra.

119.108   Aceita, SENHOR, eu te rogo, as oferendas voluntárias da minha boca; ensina-me os teus juízos.

119.109   A minha alma está de contínuo nas minhas mãos; todavia, não me esqueço da tua lei.

119.110   Os ímpios me armaram laço; contudo, não me desviei dos teus preceitos.

119.111   Os teus testemunhos tenho eu tomado por herança para sempre, pois são o gozo do meu coração.

119.112   Inclinei o meu coração a guardar os teus estatutos, para sempre, até ao fim.

119.113   Aborreço a duplicidade, mas amo a tua lei.

119.114   Tu és o meu refúgio e o meu escudo; espero na tua palavra.

119.115   Apartai-vos de mim, malfeitores, para que guarde os mandamentos do meu Deus.

119.116   Sustenta-me conforme a tua palavra, para que viva, e não me deixes envergonhado da minha esperança.

119.117   Sustenta-me, e serei salvo e de contínuo me alegrarei nos teus estatutos.

119.118   Tu desprezas a todos os que se desviam dos teus estatutos, pois o engano deles é falsidade.

119.119   Tu tiraste da terra, como escórias, a todos os ímpios; pelo que amo os teus testemunhos.

119.120   O meu corpo se arrepiou com temor de ti, e temi os teus juízos.

 119.121   Fiz juízo e justiça; não me entregues aos meus opressores.

119.122   Fica por fiador do teu servo para o bem; não deixes que os soberbos me oprimam.

119.123   Os meus olhos desfaleceram, esperando por tua salvação e pela promessa da tua justiça.

119.124   Trata com o teu servo segundo a tua benignidade e ensina-me os teus estatutos.

119.125   Sou teu servo; dá-me inteligência, para entender os teus testemunhos.

119.126   Já é tempo de operares, ó SENHOR, pois eles têm quebrantado a tua lei.

119.127   Pelo que amo os teus mandamentos mais do que o ouro, e ainda mais do que o ouro fino.

119.128   Por isso, tenho, em tudo, como retos todos os teus preceitos e aborreço toda falsa vereda.

119.129   Maravilhosos são os teus testemunhos; por isso, a minha alma os guarda.

119.130   A exposição das tuas palavras dá luz e dá entendimento aos símplices.

119.131   Abri a boca e respirei, pois que desejei os teus mandamentos.

119.132   Olha para mim e tem piedade de mim, conforme usas com os que amam o teu nome.

119.133   Ordena os meus passos na tua palavra, e não se apodere de mim iniquidade alguma.

119.134   Livra-me da opressão do homem; assim, guardarei os teus preceitos.

119.135   Faze resplandecer o teu rosto sobre o teu servo e ensina-me os teus estatutos.

119.136   Rios de águas correm dos meus olhos, porque os homens não guardam a tua lei.

119.137   Justo és, ó SENHOR, e retos são os teus juízos.

119.138   Os teus testemunhos, que ordenaste, são retos e muito fiéis.

119.139   O meu zelo me consumiu, porque os meus inimigos se esqueceram da tua palavra.

119.140   A tua palavra é muito pura; por isso, o teu servo a ama.

119.141   Pequeno sou e desprezado, mas não me esqueço dos teus mandamentos.

119.142   A tua justiça é uma justiça eterna, e a tua lei é a verdade.

119.143   Aperto e angústia se apoderam de mim; não obstante, os teus mandamentos são o meu prazer.

119.144   A justiça dos teus testemunhos é eterna; dá-me inteligência, e viverei.

119.145   Clamei de todo o meu coração; escuta-me, SENHOR, e guardarei os teus estatutos.

119.146   A ti te invoquei; salva-me, e guardarei os teus testemunhos.

119.147   Antecipei-me à alva da manhã e clamei; esperei na tua palavra.

119.148   Os meus olhos anteciparam-me às vigílias da noite, para meditar na tua palavra.

119.149   Ouve a minha voz, segundo a tua benignidade; vivifica-me, ó SENHOR, segundo o teu juízo.

119.150   Aproximam-se os que seguem aos malvados; afastam-se da tua lei.
 119.151   Tu estás perto, ó SENHOR, e todos os teus mandamentos são a verdade.

119.152   Acerca dos teus testemunhos eu soube, desde a antiguidade, que tu os fundaste para sempre.

119.153   Olha para a minha aflição e livra-me, pois não me esqueci da tua lei.

119.154   Pleiteia a minha causa e livra-me; vivifica-me, segundo a tua palavra.

119.155   A salvação está longe dos ímpios, pois não buscam os teus estatutos.

119.156   Muitas são, ó SENHOR, as tuas misericórdias; vivifica-me, segundo os teus juízos.

119.157   Muitos são os meus perseguidores e os meus inimigos; mas não me desvio dos teus testemunhos.

119.158   Vi os transgressores e me afligi, porque não observam a tua palavra.

119.159   Considera como amo os teus preceitos; vivifica-me, ó SENHOR, segundo a tua benignidade.

119.160   A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre.

119.161   Príncipes me perseguiram sem causa, mas o meu coração temeu a tua palavra.

119.162   Folgo com a tua palavra, como aquele que acha um grande despojo.

119.163   Abomino e aborreço a falsidade, mas amo a tua lei.

119.164   Sete vezes no dia te louvo pelos juízos da tua justiça.

119.165   Muita paz têm os que amam a tua lei, e para eles não há tropeço.

119.166   SENHOR, tenho esperado na tua salvação e tenho cumprido os teus mandamentos.

119.167   A minha alma tem observado os teus testemunhos; amo-os extremamente.

119.168   Tenho observado os teus preceitos e os teus testemunhos, porque todos os meus caminhos estão diante de ti.

119.169   Chegue a ti o meu clamor, ó SENHOR; dá-me entendimento conforme a tua palavra.

119.170   Chegue a minha súplica perante a tua face; livra-me segundo a tua palavra.

119.171   Os meus lábios proferiram o louvor, quando me ensinaste os teus estatutos.

119.172   A minha língua falará da tua palavra, pois todos os teus mandamentos são justiça.

119.173   Venha a tua mão socorrer-me, pois escolhi os teus preceitos.

119.174   Tenho desejado a tua salvação, ó SENHOR; a tua lei é todo o meu prazer.

119.175   Viva a minha alma e louvar-te-á; ajudem-me os teus juízos.

119.176   Desgarrei-me como a ovelha perdida; busca o teu servo, pois não me esqueci dos teus mandamentos.










Nenhum comentário:

Postar um comentário