segunda-feira, 2 de março de 2015

OLHANDO PARA JESUS



Um inglês estava viajando pelo interior duma das ilhas tropicais do sul do Pacífico, acompanhado por diversos nativos. Iam seguindo um caminho mais ou menos marcado por sinais nas árvores. Os ajudantes pararam para almoçar, mas o estrangeiro, entretido com a vegetação que era para ele novidade, foi andando, examinando aqui uma planta, ali uma flor. De repente, percebeu que havia saído do trilho marcado, e começou a andar mais depressa. Não descobrindo logo o caminho, assustou-se, virou-se para todos os lados, gritou até ficar rouco, e nada de resposta. Deu então dois tiros com o revólver, pois este era o sinal combinado para qualquer um que perdesse o caminho. Não veio resposta. Então o homem reconheceu que a afobação não o ajudaria. Pensou um pouco, e resolveu subir a árvore mais alta. 

Lá no topo amarrou o lenço e desceu. Então, fixando os olhos nele, começou a andar em círculos cada vez maiores, até que depois de muito tempo, já cansadíssimo, encontrou-se de novo com os companheiros. O que o salvou foi fixar a vista naquele lenço, no alto da árvore. 

É olhando sempre para Cristo e seus ensinos, que o crente pode andar no caminho certo. Cristo é nosso guia. Andemos sempre na sua presença e seremos felizes.

DUZENTAS ILUSTRAÇÕES (Livro 1)
Departamento de Escola Dominical da Junta de
Escolas Dominicais e Mocidade da
Convenção Batista Brasileira – 1947
CASA PUBLICADORA BATISTA
RIO DE JANEIRO - RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário