sábado, 4 de abril de 2015

AS TRÊS CRUZES



 Então, entregou-Lho, para que fosse crucificado...  
O crucificaram, e, com Ele, outros dois, 
um de cada lado, e Jesus no meio.” 
(João 19:16-18)

Num dia escuro há mais de 2000 anos atrás, três homens morreram sobre a cruz numa colina perto de Jerusalém. Você já pode ter ouvido sobre Jesus morrer na cruz central, mas você já se perguntou porque havia três cruzes naquele dia? E sobre as outras duas pessoas? 

A Cruz da Rejeição

E um dos malfeitores que estavam pendurados 
blasfemava Dele, dizendo: 
Se Tu és o Cristo, salva-Te a Ti mesmo e a nós.” 
(Lucas 23:39)

A primeira cruz prendia um criminoso que permanecia endurecido no pecado. Mesmo nas horas finais de vida, este homem não demonstrou nenhum remorso por suas ações e blasfemou o Senhor com suas palavras. Nesta cruz temos uma figura de todos aqueles que rejeitam a salvação oferecida por Deus através de Seu Filho. Assim como o ladrão sem arrependimento, estamos condenados à morte por causa de nosso pecado. A Bíblia diz: “O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna , por Cristo Jesus nosso Senhor” (Romanos 6:23). Deus enviou o Seu próprio Filho, Jesus, para levar a punição pelos nossos pecados. Todos os que rejeitam Jesus Cristo morrerá em seus pecados e passará a eternidade debaixo do juízo de Deus no Lago de Fogo.  

A Cruz do Arrependimento

Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: 
Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? 
E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas Este nenhum mal fez. E disse a Jesus: 
Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no Teu Reino.  
E disse-lhe Jesus: 
Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.” 
(Lucas 23:40-43)

Na segunda cruz encontramos um ladrão que admitiu que as suas ações eram erradas e que ele merecia a punição que estava recebendo. Esta mudança de coração e mente é chamada de arrependimento, e é uma coisa que todos nós devemos fazer. Devemos ver os erros de nossos caminhos e voltar para o caminho de Deus. Jesus disse: “Se vos não arrependerdes, todos de igual modo perecereis.” (Lucas 13:5). Voltando-se para Jesus em completa humildade, este ladrão clamou a Ele por salvação. Pense na grande fé que isto requer: Jesus estava sangrando do lado dele, porém, este pobre pecador confiou sua alma eterna a Ele. Por causa do arrependimento e fé em Jesus Cristo, ele recebeu a promessa de vida eterna no Céu com Seu Senhor.  

A Cruz de Redenção

Porque foste morto e com o Teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo, e nação.” 
(Apocalipse 5:9)

Na terceira e última cruz nós vemos Jesus, nosso Redentor. Remir significa comprar de volta. Nossos pecados são como um débito maior do que podemos pagar. Jesus era sem pecado e santo, contudo, escolheu levar sobre Si a punição pelo nosso pecado e a morte que merecíamos. Então, três dias depois, Ele ressuscitou triunfalmente do sepulcro. É somente através de Seu sangue que os nossos pecados podem ser purificados. Ele pagou o preço por nós, para que pudéssemos viver para sempre com ele. A Bíblia diz que que somos “resgatados... com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado” (1 Pedro 1:18-19).

A Escolha é Sua

Assim como temos visto com os dois ladrões, há duas respostas para Jesus — e dois destinos eternos. Jesus morreu na cruz para te redimir do pecado, e ressuscitou dos mortos para te oferecer vida eterna. Eu oro para que vejas a si mesmo como realmente és — um pecador condenado — e que se você voltar-se para Deus, confiando em Jesus Cristo como seu Salvador. A escolha a fazer é sua. O que você escolhe hoje: rejeição ou arrependimento?  

Porque Deus amou o mundo de tal maneira 
que deu o Seu Filho Unigênito, 
para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Quem crê Nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do Unigênito Filho de Deus.” 
(João 3:16,18)

The Three Crosses. Moments With The Book.
Gospel Series #256

Nenhum comentário:

Postar um comentário