sábado, 25 de abril de 2015

O Maior Milagre: D. L. Moody



      Jesus disse: “Também fará as obras que Eu faço e as fará maiores do que estas, porque Eu vou para Meu Pai.”

     Eu costumo tropeçar neste versículo. Eu pensava: que obras maiores poderia algum homem fazer mais do que Cristo fez? Como alguém levantaria um homem morto que estivesse posto no sepulcro por dias, e que já tinha começado a retornar ao pó; com que palavra ele poderia chamá-lo para fora? 

Mas, quanto mais eu vivo, mais eu estou convencido que é uma coisa maior a influenciar o querer de um homem; um homem cujo querer está fixado contra Deus; ter este querer quebrado e trazido em sujeição ao querer de Deus — ou, em outras palavras, é uma coisa maior ter poder sobre um ser vivo, pecaminoso, um homem que odeia Deus, do que despertar o morto. Aquele que criou o mundo pode falar a uma alma morta para tornar à vida; mas eu penso que o maior milagre que este mundo já viu foi o milagre de Pentecostes. Aqui estavam homens que cercavam os apóstolos, cheios de preconceitos, cheios de malícia, cheio de amargura, as mãos deles, assim estavam, gotejando o sangue do Filho de Deus, e ainda um homem iletrado, um homem a quem eles detestavam, um hoamem a quem eles odiavam, permanece de pé e prega o Evangelho, e três mil deles são imediatamente convencidos e convertidos, e tornaram-se discípulos do Senhor Jesus Cristo.

Moody's Stories:
Being a Second Volume of Anecdotes,
Incidents and Illustrations. D. L. Moody.
Authorized Collection: THE MOODY PRESS.
Institute Place Chicago. Copyrighted, 1884, by F. H. Revel.
Printed in United States of America

Nenhum comentário:

Postar um comentário