quinta-feira, 2 de abril de 2015

O testemunho de Jesus a Pilatos



http://www.spirituality.org/i/PrayerCrossSunset.jpg
Pilatos tornou a entrar no palácio, chamou Jesus e perguntou: 

— Você é o rei dos judeus? Jesus respondeu: 

— Esta pergunta é do senhor mesmo ou foram outras pessoas que lhe disseram isso a meu respeito? 

— Por acaso eu sou judeu? — disse Pilatos. 

— A sua própria gente e os chefes dos sacerdotes é que o entregaram a mim. O que foi que você fez? Jesus respondeu: 

— O meu Reino não é deste mundo! Se o meu Reino fosse deste mundo, os meus seguidores lutariam para não deixar que eu fosse entregue aos líderes judeus. Mas o fato é que o meu Reino não é deste mundo! 

— Então você é rei? — perguntou Pilatos. 

— É o senhor que está dizendo que eu sou rei! — respondeu Jesus. 

— Foi para falar da verdade que eu nasci e vim ao mundo. Quem está do lado da verdade ouve a minha voz. 

— O que é a verdade? — perguntou Pilatos. Depois de dizer isso, Pilatos saiu outra vez para falar com a multidão e disse: 

— Não vejo nenhum motivo para condenar este homem.



Jesus diz a Pilatos: “Quem está do lado da verdade ouve a minha voz” (João 18.37). É um desafio para Pilatos: a verdade é algo importante para ele? Ele quer ouvir a verdade que Jesus veio trazer? Pilatos dá sua famosa resposta: “O que é a verdade?”. Ele não está interessado. Ele apenas quer acabar com a discussão. Muitas vezes a voz mansa de Jesus fala conosco em meio ao barulho da vida diária. Você está disposto a colocar tudo de lado para ouvir aquele que oferece vida? Jesus oferece a palavra de verdade e de vida eterna. Mas quantas vezes nós o dispensamos como Pilatos fez? O quão frequentemente somos distraídos por coisas terrenas que achamos ser mais importantes? Fique do lado da verdade. Ouça a voz de Jesus.

Oração: Senhor, obrigado por falares a verdade para mim. Perdoa-me por não dar atenção a Ti. Por favor, fala, pois agora o Teu servo ouve. Amém.

http://5minutoscomjesus.blogspot.com.br/2015/03/o-testemunho-de-jesus-pilatos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário