segunda-feira, 22 de junho de 2015

A IGREJA REAL: S. D. GORDON (1859-1936)




De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e, naquele dia, agregaram-se quase três mil almas. E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. Em cada alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. Todos os que criam estavam juntos e tinham tudo em comum. Vendiam suas propriedades e fazendas e repartiam com todos, segundo cada um tinha necessidade. E, perseverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.  
Atos 2:41-47

A Igreja é verdadeiramente aqueles que têm aberto os seus corações para Jesus. Eles são unidos pelo Espírito Santo que habita neles. Eles estão principalmente preocupados com uma coisa — fazer com que homens em todos os lugares saibam que Jesus veio, viveu, amou e morreu. Assim viver juntos e trabalhar juntos traz um renovo de forças, e assim segue um testemunho ressonante e claro para o mundo do poder de Jesus.

THE BENT-KNEE TIME.
S. D. GORDON (1859-1936).
AMERICAN SUNDAY-SCHOOL UNION. PHILADELPHIA, USA, 1918, p. 79.

Nenhum comentário:

Postar um comentário