quinta-feira, 18 de junho de 2015

ESQUADRINHA-ME, OH DEUS! [HANDLEY CARR GLYN MOULE (1841-1920)]




“ESQUADRINHA-ME, OH DEUS!”
(Para a oração privada vespertina)

     Agora me retiro de tudo o que é relacionado com os trabalhos do dia, para passar uns momentos Contigo, oh Cristo, meu Senhor e Mestre.

    Dou-Te graças por tudo o que tens sido para mim durante as horas deste dia. Humildemente Te bendigo pelas vezes que, hoje, Te dignastes utilizar-me em Teu serviço.

      Confesso-Te todos os meus pecados, mesmo de meus pensamentos secretos, e os renuncio completamente.

     Para meu perdão, ponho meus pecados sobre Tua cabeça, oh Cordeiro de Deus que tiras os pecados do mundo, e para ser libertado do poder deles, os coloco sob Teus pés. Agora Tu me livras deles e reconhecido Te dou graças, e mais que nunca Te reconheço como meu Único Deus. 

    Dia e noite encontro perfeita liberdade em ser seu escravo.

    De dia é minha dita viver para Ti, e cada noite me acosto feliz sob a sombra de Tua presença... Amém.

HANDLEY CARR GLYN MOULE (1841-1920)



     
Jornal O Estandarte. Ano XXXVI, Nº 09, São Paulo, 01 de Março de 1928, p. 13.

Nenhum comentário:

Postar um comentário