domingo, 14 de junho de 2015

READING HOSEA (KING JAMES VERSION/ALMEIDA REVISTA E CORRIGIDA)

 CHAPTER 11

1 WHEN Israel was a child, then I loved him, and called my
son out of Egypt.

2 As they called them, so they went from them: they
sacrificed unto Baalim, and burned incense to graven
images.

3 I taught Ephraim also to go, taking them by their arms;
but they knew not that I healed them.

4 I drew them with cords of a man, with bands of love: and
I was to them as they that take off the yoke on their jaws,
and I laid meat unto them.

5 He shall not return into the land of Egypt, but the
Assyrian shall be his king, because they refused to return.

6 And the sword shall abide on his cities, and shall
consume his branches, and devour them, because of their
own counsels.

7 And my people are bent to backsliding from me: though
they called them to the most High, none at all would exalt
him.

8 How shall I give thee up, Ephraim? how shall I deliver
thee, Israel? how shall I make thee as Admah? how shall I
set thee as Zeboim? mine heart is turned within me, my
repentings are kindled together.

9 I will not execute the fierceness of mine anger, I will not
return to destroy Ephraim: for I am God, and not man; the
Holy One in the midst of thee: and I will not enter into the
city.

10 They shall walk after the LORD: he shall roar like a lion:
when he shall roar, then the children shall tremble from the
west.

11 They shall tremble as a bird out of Egypt, and as a dove
out of the land of Assyria: and I will place them in their
houses, saith the LORD.

12 Ephraim compasseth me about with lies, and the house
of Israel with deceit: but Judah yet ruleth with God, and is
faithful with the saints.

Oséias
11.1   Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei o meu filho.

11.2   Quanto mais eu os chamava, tanto mais se iam da minha presença; sacrificavam a baalins e queimavam incenso às imagens de escultura.

11.3   Todavia, eu ensinei a andar a Efraim; tomei-os nos meus braços, mas não atinaram que eu os curava.

11.4   Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor; fui para eles como quem alivia o jugo de sobre as suas queixadas e me inclinei para dar-lhes de comer.

11.5   Não voltarão para a terra do Egito, mas o assírio será seu rei, porque recusam converter-se.

11.6   A espada cairá sobre as suas cidades, e consumirá os seus ferrolhos, e as devorará, por causa dos seus caprichos.

11.7   Porque o meu povo é inclinado a desviar-se de mim; se é concitado a dirigir-se acima, ninguém o faz.

11.8   Como te deixaria, ó Efraim? Como te entregaria, ó Israel? Como te faria como a Admá? Como fazer-te um Zeboim? Meu coração está comovido dentro de mim, as minhas compaixões, à uma, se acendem.

11.9   Não executarei o furor da minha ira; não tornarei para destruir a Efraim, porque eu sou Deus e não homem, o Santo no meio de ti; não voltarei em ira.

11.10   Andarão após o SENHOR; este bramará como leão, e, bramando, os filhos, tremendo, virão do Ocidente;

11.11   tremendo, virão, como passarinhos, os do Egito, e, como pombas, os da terra da Assíria, e os farei habitar em suas próprias casas, diz o SENHOR.

11.12   Efraim me cercou por meio de mentiras, e a casa de Israel, com engano; mas Judá ainda domina com Deus e é fiel com o Santo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário