segunda-feira, 15 de junho de 2015

READING HOSEA (KING JAMES VERSION/ALMEIDA REVISTA E CORRIGIDA)


CHAPTER 12

1 EPHRAIM feedeth on wind, and followeth after the east
wind: he daily increaseth lies and desolation; and they do
make a covenant with the Assyrians, and oil is carried into
Egypt.

2 The LORD hath also a controversy with Judah, and will
punish Jacob according to his ways; according to his doings
will he recompense him.

3 He took his brother by the heel in the womb, and by his
strength he had power with God:

4 Yea, he had power over the angel, and prevailed: he wept,
and made supplication unto him: he found him in Beth-el,
and there he spake with us;

5 Even the LORD God of hosts; the LORD is his memorial.

6 Therefore turn thou to thy God: keep mercy and
judgment, and wait on thy God continually.

7 He is a merchant, the balances of deceit are in his hand:
he loveth to oppress.

8 And Ephraim said, Yet I am become rich, I have found
me out substance: in all my labours they shall find none
iniquity in me that were sin.

9 And I that am the LORD thy God from the land of Egypt
will yet make thee to dwell in tabernacles, as in the days of
the solemn feast.

10 I have also spoken by the prophets, and I have
multiplied visions, and used similitudes, by the ministry of
the prophets.

11 Is there iniquity in Gilead? surely they are vanity: they
sacrifice bullocks in Gilgal; yea, their altars are as heaps in
the furrows of the fields.

12 And Jacob fled into the country of Syria, and Israel
served for a wife, and for a wife he kept sheep.

13 And by a prophet the LORD brought Israel out of Egypt,
and by a prophet was he preserved.

14 Ephraim provoked him to anger most bitterly: therefore
shall he leave his blood upon him, and his reproach shall
his Lord return unto him.

Oséias 12.1   Efraim se apascenta de vento e segue o vento leste; todo o dia multiplica a mentira e a destruição, e fazem aliança com a Assíria, e o azeite se leva ao Egito.

12.2   O SENHOR também com Judá tem contenda e castigará Jacó segundo os seus caminhos; segundo as suas obras, o recompensará.

12.3   No ventre, pegou do calcanhar de seu irmão e, pela sua força, como príncipe, se houve com Deus.

12.4   Como príncipe, lutou com o anjo e prevaleceu; chorou e lhe suplicou; em Betel o achou, e ali falou conosco;

12.5   sim, com o SENHOR, o Deus dos Exércitos; o SENHOR é o seu memorial.

12.6   Tu, pois, converte-te a teu Deus; guarda a beneficência e o juízo e em teu Deus espera sempre.

12.7   É um mercador; tem balança enganadora em sua mão; ele ama a opressão.

12.8   E diz Efraim: Contudo, eu tenho-me enriquecido, tenho adquirido para mim grandes bens; em todo o meu trabalho, não acharão em mim iniquidade alguma que seja pecado.

12.9   Mas eu sou o SENHOR, teu Deus, desde a terra do Egito; eu ainda te farei habitar em tendas, como nos dias da reunião solene.

12.10   E falarei aos profetas e multiplicarei a visão; e, pelo ministério dos profetas, proporei símiles.

12.11   Não é Gileade iniquidade? Pura vaidade eles são; em Gilgal sacrificam bois; os seus altares são como montões de pedras nos regos dos campos.

12.12   Jacó fugiu para o campo da Síria, e Israel serviu por uma mulher e por uma mulher guardou o gado.

12.13   Mas o SENHOR, por meio de um profeta, fez subir a Israel do Egito, e, por um profeta, foi ele guardado.

12.14   Efraim mui amargosamente provocou a sua ira; portanto, deixará ficar sobre ele o seu sangue e o seu Senhor fará cair sobre ele o seu opróbrio.



Nenhum comentário:

Postar um comentário