quarta-feira, 2 de setembro de 2015

DOCE LAR


“Vou falar-lhes do doce lar que Deus tem preparado nos céus e da grande multidão dos remidos que nele habita. É um lugar muito santo; não há lama nas ruas, que são de ouro, nem ali se encontra o mal. O tentador jamais lá entrará, o pecado é ali desconhecido; tudo é santo, santo, muito santo. Nas vestes dos que lá habitam não há uma nódoa, porque são tão limpos, tão puros, tão claros, como a própria luz. Não há nada que possa manchá-los, nem diminuir a sua formosura, pois estão embranquecidos no sangue de Cristo e assistem, por isso, ante o trono de Deus.

“Oh, meus amigos! Nunca se esqueçam que esta é a única maneira pela qual poderão apresentar-se perante o Seu trono. Todos os seus esforços, todas as suas obras, de nada valerão. Se vocês querem entrar no céu, precisam ser lavados pelo sangue do Cordeiro.

O Rapaz do Realejo. Autor Desconhecido.
Edições Cristãs. Ourinhos-SP. 1ª Edição Brasileira, 1984, p. 80.

Nenhum comentário:

Postar um comentário