quinta-feira, 10 de setembro de 2015

NUNCA FALHA: S. D. GORDON (1859-1936)



 “O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso;
o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece,
não se porta com indecência, não busca os seus interesses, 
não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, 
mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, 
tudo suporta. O amor nunca falha...”
1 Coríntios 13: 4-8

O amor nunca falha. Ele não pode falhar; pois ele é o amor. Não é meramente um sentimento, mas uma paixão. Sente-se sutilmente, pensa profundamente, planeja inteligentemente, espera firmemente, crê no êxito sem nenhuma sombra de dúvida. Doa-se, doa muito de si próprio, doa-se até sangrar, até que ele para de sangrar porque está tudo esgotado; mas nunca falha. Nunca falha na devoção, na inteligência, na paciência, no suportar, nem nos efeitos. Deus é amor.

THE BENT-KNEE TIME.
S. D. GORDON (1859-1936).
AMERICAN SUNDAY-SCHOOL UNION. 
PHILADELPHIA, USA, 1918, p. 172.

Nenhum comentário:

Postar um comentário