segunda-feira, 30 de novembro de 2015

REFLEXÃO




“O pecado original foi, e ainda é, a escolha humana de ser o seu próprio deus. Isto é o pecado do orgulho – controlar a própria vida, estar no comando, não prestar contas a ninguém, nem mesmo Àquele que soprou dentro do corpo o próprio fôlego de vida.”

Where I am. Billy Graham.  
Editora Thomas Nelson. 2015, p. 5.

Nenhum comentário:

Postar um comentário