segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Sua devoção por nós




Aquele que não tem pecado assumiu o rosto de um pecador para que nós, pecadores, pudéssemos assumir a face de um santo.

Nosso mestre viveu uma vida tridimensional. Ele tinha uma visão do futuro tão clara quanto a que tinha do presente e do passado.

É por isso que as cordas usadas para prender suas mãos e os soldados usados para levá-Lo para a cruz eram desnecessários. Eles foram secundários. Se não estivessem ali, se não houvesse julgamento, nem Pilatos ou a multidão, a mesma crucificação teria ocorrido. Se Jesus fosse forçado a pregar-Se na cruz, Ele o teria feito. Pois não foi os soldados que O mataram, nem os gritos da multidão. Foi Sua devoção por nós.

Deus está no controle: Esperança e encorajamento para o seu dia a dia. Max Lucado. Editora Mundo Cristão


Nenhum comentário:

Postar um comentário