terça-feira, 31 de março de 2015

A ÉTICA DO AMOR: Daiane Firme Cavalcante

A humanidade carece da ética do amor sublime, puro e sincero.

Amar faz parte da essência do ato de ser humano. Mas, o que é o amor?

Amor é uma palavra grega que tem três significados, que são:

1º Eros= amor estético e romântico, ou seja, é um amor superficial, apenas pela aparência;

2º Philia= afeição íntima entre amigos pessoais;

3º Ágape= Amor de Deus nos corações humanos; é o amor perfeito, amor incondicional, que não leva em conta o que o homem tenha praticado, este amor valoriza o perdão, o arrependimento sincero, a graça (favor imerecido) e a misericórdia (bondade).

Se faltar o amor nos corações humanos, faltará a humanidade e a ausência desta humanidade dará lugar ao ódio, à violência e à perversidade.

A ética do amor consiste em:

1º Entender que é melhor dar que receber;

2º Ser benevolente, paciente, solidário;

3º Saber perdoar;

4º Ser verdadeiro e fiel;

5º Estender a mão a quem necessite, ainda que seja seu inimigo;

6º Suportar ofensas;

7º Ser generoso e leal;

8º Não ser orgulhoso;

9º Estar pronto a confortar quem precise;

10º Ser compassivo, ou seja, ter compaixão.

Como disse o Pastor Martin Luther King: ´´ Sua generosidade pode alimentar o seu ego, e a sua piedade pode alimentar o seu orgulho. Sem amor, portanto, a benevolência se torna egoísmo; e o martírio se torna soberba espiritual.``

Amor não é demonstração de fraqueza e sentimentalismo, é simplesmente demonstração de humanidade.
Os problemas que mais afligem a humanidade como a fome, miséria e violência, para serem resolvidos carecem da ética do amor, pois o amor transforma o coração, a mente e o mundo ao nosso redor.

Atualmente a humanidade parece estar vivenciando o massacre de valores, como amor, família, amizade, que na realidade são a base de sua existência e isto acaba gerando ódio, depressão, suicídio, entre outras coisas ruins.

O que dá sentido à vida é o amor, amor Ágape.

Quando a humanidade se inundar do Ágape poderá entender o motivo de sua existência e a razão de ser humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário