quarta-feira, 22 de abril de 2015

A Fé de uma Criancinha



    Uma criancinha loura de cinco anos de idade estava de pé ao lado de sua mãe tentando enxugar as lágrimas que vinha dos olhos dela por causa da grande dor que ela estava sofrendo em seus nervos.

     “Mamãe,” ela disse: “por que você não manda buscar o Doutor Y?”

    “Não é útil, querido. O homem não pode me fazer ficar melhor. Somente Jesus pode me fazer ficar melhor, ou me dar a paciência para suportar a dor,” disse a sofredora.

     A pequenina de repente se ajoelhou, juntou suas mãos pequeninas, curvou sua cabeça, e com pura simplicidade e ardor orou: “Bondoso Senhor Jesus, eu não gosto de ver minha mamãe tão doente. O Doutor Y. não pode fazê-la melhorar. Tu podes mandar embora as dores terríveis.”

     A “oração de fé” da criança foi respondida pelo Senhor; e uma hora mais tarde a mãe estava livre das dores terríveis que sentia por tanto tempo. Com o coração cheio de louvor de gratidão a Deus, ela beijou sua querida filha muitas vezes; e a pequenina, vendo sua mãe agora em sorrisos, rapidamente sorriu de volta. “Eu sabia Mamãe,” disse ela, “que você logo ficaria melhor; porque Jesus pode nos fazer melhorar.”

    Esta garota amável e crente foi uma daquelas a quem o Salvador disse: “Pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor (Mateus 21:16).”

 
Messages of the Love of God.
VOL. XVI, ST. Louis-Missouri, January, 10, 1915, 
Nº 37, p. 150.

Nenhum comentário:

Postar um comentário