terça-feira, 10 de novembro de 2015

A PERSEGUIÇÃO À BÍBLIA



 
O ateu Voltaire disse uma ocasião com muita arrogância: Estou cansado de ouvir a gente a repetir que doze homens houvessem estabelecido a religião cristã. Hei de mostrar que basta um só para sumi-la. Passou-se um século desde que morreu Voltaire. Nesse entre tempo milhões de indivíduos se alistaram na guerra contra a religião; no entanto está longe de ser destruída.

Onde havia uns 100 exemplares ao tempo de Voltaire há hoje milhares e dezenas de milhares.

A Bíblia, no dizer de um reformador, é uma bigorna em que se gastam todos os martelos. O SENHOR DISSE: NÃO PROSPERARÁ NENHUMA FERRAMENTA QUE TIVER SIDO FALSIFICADA CONTRA TI, E TODA A LÍNGUA QUE SE LEVANTAR CONTRA TI EM JUÍZO, TU A CONDENAS.
 Isaías 54:17

A Palavra de Deus (Bíblia) durará para sempre. Fieis são todos os Seus preceitos. São estáveis para todo sempre, feitas em verdade e retidão. (Isaías 40:8 – Salmo 117:7-8).

Tudo que é edificado sobre a autoridade do homem está condenado a perecer, mas o que for edificado sobre a Rocha imutável (Bíblia) de Deus subsistirá para sempre.

JORNAL A PENNA EVANGELICA.
ANO X, Nº 369, Cuiabá-MT, 15 de Dezembro de1934, p. 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário