domingo, 15 de novembro de 2015

UMA PROTEÇÃO SEGURA




Uma jovem senhora de New York, que sem companheiro voltava à tarde para a sua casa, foi atacada por um jovem de costumes maus.

– Vai a senhora só?

– Não, senhor, foi a resposta, e sem mais palavras seguiu a dama o seu caminho

– Contudo parece-me que a senhora vai só, disse o jovem pondo-se ao lado dela.

– Não estou só, repetiu a senhora.

– Pois eu não vejo aqui ninguém. Quem vai com a senhora?

– O Deus Todo-Poderoso e Seus santos anjos. Nunca estou só.

– Umas tais palavras tocaram o coração do malvado que voltou atrás, dizendo:  – Esta companhia é para mim demasiadamente boa.

   Assim foi-se embora e a jovem continuou em paz seu caminho com o melhor dos companheiros.

IMPRENSA EVANGELICA.
ANO XXVI, Nº 32, RIO DE JANEIRO-RJ, 9 de Agosto de 1890, p. 4.

Nenhum comentário:

Postar um comentário