domingo, 14 de fevereiro de 2016

Jesus Nazaré é singular em muitos sentidos...



 
    Com o devido respeito aos líderes de várias religiões, é preciso salientar que Jesus é o único que declarou ser Deus. Maomé afirmou ser profeta de Deus. Seu corpo, como o de qualquer outro mortal, permanece no túmulo. O mesmo acontece com os corpos de Buda, Confúncio, Zoroastro e os fundadores e líderes de outras religiões.

      Jesus Nazaré  é singular em muitos sentidos. Detalhes mínimos de Sua vida foram preditos pelos profetas do Antigo Testamento centenas de anos antes do Seu nascimento. Sua vida e Seu exemplo não têm paralelo. Crucificado por declarar ser Deus, a ressurreição prova Sua declaração. As evidências históricas confirmam o fato da ressurreição de Jesus.

      O que tudo isso hoje em dia significa para você? Os benefícios práticos da Sua ressurreição são evidentes. Ele passou a habitar em sua vida, deseja que você submeta o controle de toda o seu ser a Ele e que O convide a ser Senhor de todos os setores de sua existência.

    A Bíblia diz, em Colossenses 1:15,16: “Ele (Cristo) é a imagem do Deus Invisível, o primogênito de toda a criação; pois Nele foram criadas todas as cousas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio Dele e para Ele.”Este ato criador incluiu o homem.

      Tendo sua vida controlada por Aquele que a criou, você receberá uma nova qualidade de vida – a vida ressurreta Dele. Em substituição à sua vida de derrota e frustração, Cristo lhe dará Sua vida nova de vitória, propósito e poder. Você não dependerá mais do acaso. Será um filho de Deus.

A Aventura Cristã: Dez passos básicos para a maturidade cristã. Passo I. Bill Bright.
Cruzada Estudantil e Profissional Para Cristo.
3ª edição, 1977.



Nenhum comentário:

Postar um comentário