sexta-feira, 4 de março de 2016

DEUS E O PECADOR




     O amor de Deus por este mundo arruinado é abençoadamente declarado nas preciosas palavras de Jesus em João 3:16.

“Deus amou o mundo.”

     Querido leitor, você já ponderou sobre estas palavras? Elas falam volumes à alma crente. “Deus é Luz, e não há Nele trevas nenhumas.” (1 João 1:5). Os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. (João 3:19). E Deus em justiça exclui, e excluirá, o mundo em seus pecados de Sua gloriosa Presença. Mas Deus é Amor, assim como é Luz (1 João 4:8), e o perfeito amor concebeu um plano para trazer os pecadores das trevas para a Sua maravilhosa luz, e fazê-los encontrar a Sua própria glória. (Colossenses 1:12).

Ouça as gloriosas notícias!

Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito.”

    Sim, Deus é Amor. Ele não somente ama, mas Ele é amor, amável só como Deus pode amar. E este mundo, do qual, na natureza, do qual nós todos somos parte, cheio de inimizade e ódio no coração e a mente contra Ele, foi o objeto deste amor. Alguém pode amar o outro, e ainda não dar uma prova de seu amor. Mas Deus não somente amou, mas manifestou Seu amor ao dar o Seu Filho Unigênito. Ele não poderia dar uma oferta maior, e não poderia dar uma oferta menor. Ele tinha apenas um Filho, Seu bem amado, e contudo, não poupou Seu Filho, mas Ele O entregou por todos nós. (Romanos 8:32).

Maravilhoso amor!

YOUNG CHRISTIAN. VOLUME 11.

http://bibletruthpublishers.com/god-and-the-sinner/young-christian-volume-11/la106524

Nenhum comentário:

Postar um comentário