terça-feira, 31 de março de 2015

A ÉTICA DO AMOR: Daiane Firme Cavalcante

A humanidade carece da ética do amor sublime, puro e sincero.

Amar faz parte da essência do ato de ser humano. Mas, o que é o amor?

Amor é uma palavra grega que tem três significados, que são:

1º Eros= amor estético e romântico, ou seja, é um amor superficial, apenas pela aparência;

2º Philia= afeição íntima entre amigos pessoais;

3º Ágape= Amor de Deus nos corações humanos; é o amor perfeito, amor incondicional, que não leva em conta o que o homem tenha praticado, este amor valoriza o perdão, o arrependimento sincero, a graça (favor imerecido) e a misericórdia (bondade).

Se faltar o amor nos corações humanos, faltará a humanidade e a ausência desta humanidade dará lugar ao ódio, à violência e à perversidade.

A ética do amor consiste em:

1º Entender que é melhor dar que receber;

2º Ser benevolente, paciente, solidário;

3º Saber perdoar;

4º Ser verdadeiro e fiel;

5º Estender a mão a quem necessite, ainda que seja seu inimigo;

6º Suportar ofensas;

7º Ser generoso e leal;

8º Não ser orgulhoso;

9º Estar pronto a confortar quem precise;

10º Ser compassivo, ou seja, ter compaixão.

Como disse o Pastor Martin Luther King: ´´ Sua generosidade pode alimentar o seu ego, e a sua piedade pode alimentar o seu orgulho. Sem amor, portanto, a benevolência se torna egoísmo; e o martírio se torna soberba espiritual.``

Amor não é demonstração de fraqueza e sentimentalismo, é simplesmente demonstração de humanidade.
Os problemas que mais afligem a humanidade como a fome, miséria e violência, para serem resolvidos carecem da ética do amor, pois o amor transforma o coração, a mente e o mundo ao nosso redor.

Atualmente a humanidade parece estar vivenciando o massacre de valores, como amor, família, amizade, que na realidade são a base de sua existência e isto acaba gerando ódio, depressão, suicídio, entre outras coisas ruins.

O que dá sentido à vida é o amor, amor Ágape.

Quando a humanidade se inundar do Ágape poderá entender o motivo de sua existência e a razão de ser humano.

A ética do perdão: Daiane Firme Cavalcante


         
Perdoar nem sempre é fácil. Às vezes o ato de perdoar é visto como tolice sentimental ou simplesmente bobagem.

         Mas Jesus Cristo ensinou em seu ministério terreno que se não perdoarmos quem nos fere, não poderemos requerer de maneira alguma o perdão do Pai Celestial, pois aquele que não pratica o perdão, mas deseja ser perdoado, estará sendo hipócrita, pois deseja algo que não pratica e isto é injusto.

        Perdão significa: Remissão de uma falta, ofensa ou dívida. (Boyer, Orlando. Pequena Enciclopédia bíblica. Instituto bíblico das Assembleias de Deus. Pindamonhagaba-SP, 1966, p. 589)
        A ética do perdão consiste em:

1º Amar, pois assim está escrito em Romanos 13:8 (NTLH): A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei.

2º Dar a outra face, ainda que doa muito;

3º Reconhecer que apesar das feridas abertas pela maldade de alguém, o melhor remédio e o bálsamo para curar as feridas são: amor e perdão;

      Como disse o Pastor Martin Luther King: Não permita que ninguém o faça descer tão baixo a ponto de você sentir ódio.

       Pois é como diz uma antiga música gospel:

           A melhor oração é amar.
          Enche o teu coração de amor e perdão,
          A melhor oração é amar.

         Perdoar é liberar a si e a quem lhe feriu do ódio e do desamor.

NO TO DESESPERES (ISAÍAS 55:9)


IT IS THE LORD WHO GOES BEFORE YOU (DEUTERONOMY 31:8)


Por que não nos entregamos à oração! (Samuel Chadwick [1860-1932])



 A convicção aprofunda que a suprema necessidade da igreja é o espírito de oração!

Há muitas outras necessidades, mas a necessidade da oração transcende a todas elas. Se a igreja de Cristo pudesse unicamente ser impelida a orar – haveria um fim para a infrutilidade e fracasso.

É a falta de oração que se põe como raiz de nossas tribulações, e não há remédio a não ser a oração. As coisas não serão melhores até que a oração seja restaurada em seu verdadeiro lugar na organização da igreja, e no hábito dos indivíduos crentes.

Não há substituto para a oração, mas com a oração todas as coisas são possíveis. Isto é um truísmo da fé Cristã. Ninguém nega isto. Todo mundo diz isto. Toda história confirma isto. 

Se o povo de Deus pudesse unicamente ser batizado na paixão pela oração, a vida seria mais ativa, os milagres retornariam, almas seriam salvas, e auxílio fluiria.

Por que não determinamos a nós mesmos à oração? O remédio é certo e simples. A necessidade é urgente e reconhecida. Por que é tão vagaroso iniciar o trabalho?

Vigiai, pois, em todo o tempo” (Lucas 21:36)

 “Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra.” (Atos 6:4)

HERALD OF HIS COMING.
VOL. 73, Nº 9 (873). September 2014, p. 08.

domingo, 29 de março de 2015

O Espírito guia à Cruz: Andrew Murray



 Cristo, que, pelo Espírito eterno,
Se ofereceu a Si mesmo imaculado a Deus.
Hebreus 9:14

A Cruz de Cristo é mais alta expressão do Espírito de Cristo. A Cruz é a Sua principal característica; isto é o que O distingue de tudo no céu e na terra; e isto dá a Ele a Sua glória como Mediador no trono por toda a eternidade. Até que verdadeiramente conheçamos o Espírito que guiou Cristo à Cruz, nem sabemos disto,  nem O conhecemos.

Quando descobrimos que foi o Espírito que guiou Cristo à Cruz, veremos como isto é a única parte do grande assunto, o Espírito da Cruz. Veremos como o Espírito Santo do Pentecostes é ainda o Espírito da Cruz!  Como Ele guiou Cristo à Cruz, Ele flui diante da Cruz como sua  aquisição, e a comunicação de Seu poder. E, então, mais adiante descobriremos como Ele guiou Cristo à Cruz, e a Cruz guia ao doador do Espírito, então o Espírito sempre guia de volta à cruz novamente, porque somente Ele pode revelar o seu significado ou comunicar a sua comunhão. O Espírito guiou Cristo à cruz: a cruz guia a Cristo e a nós ao transbordamento do Espírito: o Espírito nos guia de volta à cruz!


THE CROSS OF CHRIST. 
ANDREW MURRAY.

CRUCIFIED WITH CHRIST


sábado, 28 de março de 2015

THE LAW OF THE LORD



 The law of the LORD is perfect, 
converting the soul: the testimony of the LORD is sure, making wise the simple. 
Psalm 19:7

ESTUDE A PALAVRA


Talei cecere

 Talei cecere


Au na seretaka tu
Na yacamuni Jisu
Veisiga niu yadra
Batabata au sotava
Na veika bula era sere tu
Drodro ni wai e rorogo mai
Turaga nomu ni loloma
Sa cecere ka dokai
Chorus
Talei cecere
Na yacamuni dokai
Jiova Jaire ni sa kalou qaqa
Tamai keimami
Me yaco nomuni lewa
Tekivuna ka tinia
Alifa kei na Omeka

Lomamuni sa yaco mai
Masu vuni sa cegai
Nai vula meu qaqa
Jiova noqu isasabai
Dukadukali sa laurai
Butobuto rarama mai
Tekivina ena tinia
Dodonu me dokai

FAZ FORTE AO CANSADO


sexta-feira, 27 de março de 2015

PSALM 23: LEBANESE

http://www.elkalima.com/read.php

1. مزمورٌ لِداوُدَ الرّبُّ راعيَّ فلا يُعوِزُني شيءٌ.  2. في مَراعٍ خُضُرٍ يُريحُني، ومياهاً هادِئةً يُورِدُني.  3. يُنعِشُ نفْسي، يَهدِيني سُبُلَ الحَقِّ مِنْ أجلِ ا‏سمِهِ.  4. لو سِرتُ في وادي ظِلِّ الموتِ‌ لا أخافُ شَرًّا، لأنَّكَ أنتَ معي. عَصاكَ وعُكازُكَ هُما يُعَزِّيانِني.  5. تُهَيِّـئُ قُدَّامي مائِدةً تُجاهَ خُصومي، وتدهَنُ بالطِّيـبِ رأسي‌، وكأسي رَويَّةٌ.  6. الخَيرُ والرَّحمةُ يَتبعانِني كُلَّ أيّامِ حياتي، وأسكنُ‌ في بَيتِ الرّبِّ إلى مدَى 
الأيّامِ.

SEJA LUZ, VIVA NA LUZ



 http://1.bp.blogspot.com/-k4p9llVA1EQ/T67r88GTIxI/AAAAAAAABJU/jevXXKaCJlo/s1600/lampost+009.JPG
 http://www.birkey.com/uploads/Embassy-Club-lamp-posts.jpg
Mateus 6:22-23

A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz. Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!

1 João 2:10-11

Aquele que ama a seu irmão está na luz, e nele não há escândalo. Mas aquele que aborrece a seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir; porque as trevas lhe cegaram os olhos.

 https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/64/54/54/645454d368629926c5daab62b3b1688f.jpg

 https://www.ukaa.com/stockimages/2696_8.jpg
Provérbios 4:18-19

Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem conhecem aquilo em que tropeçam.
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/27/04/c9/2704c9215be1a77aa2669686dcc1ca6e.jpg
João 3:20-21

Porque todo aquele que faz o mal aborrece a luz e não vem para a luz para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.